31 de maio de 2019

A marca do seu negócio está segura? Saiba a importância do registro no INPI

As preocupações de quem está começando um negócio são muitas e todo mundo já sabe! Analisar o mercado, pensar em como oferecer um ótimo produto/serviço, conseguir capital de giro, pensar em um nome, local… Não faltam motivos para a cabeça ficar a mil. Mas, mesmo em meio a tanta coisa, não dá pra esquecer de pensar no registro no INPI da sua marca. Vamos continuar a leitura e entender mais sobre isso?!


O INPI é o Instituto Nacional de Propriedade Industrial, órgão responsável pelo registro de marcas e concessão de patentes, além de contratos de transferência de tecnologia e franquia, registros de programas de computador, desenhos industriais ou indicações geográficas. O órgão está vinculado ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior e atua no país inteiro!

 

Registro no INPI: por que fazer?

O registro no INPI vai garantir o uso exclusivo da sua marca, além de não permitir que outras pessoas ou empresas usem expressões iguais – ou muito semelhantes. Já dá perceber como o registro no INPI é algo importante, não é?! Conheça mais motivos e pense com mais carinho em decidir se vai ou não registrar a sua marca!

 

Marca é patrimônio

A marca é muito mais que um logo ou um símbolo que vai identificar sua empresa – dá uma olhada nesse vídeo e saiba mais como fazer boas escolhas! Ela carrega identidade do seu empreendimento, não importa o tamanho! A marca é uma ligação entre o que você vai vender e seu cliente. Tratá-la como algo que pode ser utilizado para refletir uma imagem positiva é o melhor caminho!

 

Uso indevido e repetido

Registrar no INPI é uma forma de proteger a sua marca de uso indevido e evitar pessoas que possam copiá-la. Já pensou ter um concorrente que usa um nome igual ou similar ao do seu produto/serviço? Além de ser ruim pro seu negócio, pode gerar confusão nos consumidores. Fuja da dúvida! Você pode fazer uma busca prévia.

Basta acessar o link e digitar sua marca no campo de buscas para saber se já tem alguma empresa com o seu nome registrado. Vale destacar que o registro é concedido por atividade.

 

Investimento não é gasto

A gente sabe que começar a empreender também pode ser um sufoco financeiro e qualquer investimento deve ser bem pensado. Mas depois de ler esse texto dá pra perceber que cuidar da sua marca trará muitos benefícios para o seu negócio e pra sua identidade. O registro no INPI pode entrar pra sua planilha de custos. Se não for agora, anota pra não esquecer. Trilhar o caminho certo vai ajudar no seu sucesso e dará frutos na hora certa!

 

E agora? Que tal conversar com quem está te ajudando nessa ideia, um amigo, um sócio e, claro, ir atrás de quem entende e procurar o Sebrae para te ajudar a seguir os melhores caminhos com o registro do INPI. Você não vai se arrepender!